quarta-feira, abril 6

Há coisas assim

Há uma parte de mim que morreu e deu lugar a um vazio. Tão grande que não cabe lá nada, tão profundo que não consigo ver onde acaba. Não é a primeira vez que acontece. Não é a primeira vez que morro com esse pedaço de mim que vai embora.
A vida nunca mais é a mesma.

4 Comments:

Anonymous Ademar said...

A vida é sempre um desafio à substituição...
Já recomendava Brecht: "nunca digas nunca"...

6/4/05 4:25 da tarde  
Anonymous Amor Maior said...

Espero que nesse vazio continuem a caber os amigos...

6/4/05 5:10 da tarde  
Anonymous jpcoutinho said...

os teus cães merecem mais atenção que o vazio te aparecer, um dia ele vai-se embora....espero que ajude

8/4/05 12:19 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

Por mais que o negues,
O mundo muda,tu mudas,
mas no fundo tudo continua igual!

18/4/05 3:08 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home